Porque seu processo de onboarding precisa se adaptar ao trabalho híbrido

Porque seu processo de onboarding precisa se adaptar ao trabalho híbrido
Henrique Tavares 19 de maio de 2022 8 min de leitura

A volta gradativa ao trabalho presencial vem acontecendo aos poucos, e junto com ela uma nova modalidade também vem se destacando: o trabalho híbrido. Este nada mais é do que um modelo onde se alternam os dias em que se trabalha no escritório e os dias de home office.

Acredita-se que essa forma de trabalho pode vir a ser uma tendência, no futuro, para a maioria das empresas. Isso se dá, devido a algumas vantagens econômicas, como por exemplo, o fato de o escritório físico pode ser um espaço menor e mais barato.

Muito dessa tendência se dá ao fato de que o home office deu certo na maioria das empresas. Caso contrário, o modelo híbrido nem seria uma hipótese. Depois de tanto tempo em trabalho remoto, as empresas perceberam que a ideia de baixa produtividade no home office já não existe mais. Além disso, pode ser implementada daqui pra frente. Por isso que os colaboradores e gestores precisam estar dispostos a essas novas possibilidades.

Pensando nisso, neste artigo, vamos te mostrar porque o seu processo de onboarding precisa estar adaptado ao modelo híbrido. Acompanhe a leitura e saiba todos os detalhes!

O onboarding precisa de colaboradores experientes

Onboarding vem do inglês e significa “a bordo”. Então, se você pensar que a sua empresa é como um grande navio, nele temos o capitão, o piloto, os marinheiros experientes e também os marujos. Os marujos são aqueles que entraram agora no navio e precisam de todas as coordenadas necessárias para navegar. Se trouxermos isso para uma empresa, eles seriam os novos funcionários.

Quando falamos de onboarding, estamos falando de um processo de integração entre os funcionários que já existem na empresa e os novos.

Ao longo dos anos a forma de integrar os funcionários vem mudando. Hoje não adianta apenas apresentar os funcionários e o superior direto com quem o novo colaborador irá trabalhar, é preciso aprofundar. E além disso, contar a história da empresa, a sua razão de ser e fazer com que o colaborador se sinta parte da empresa.

Portanto, cabe ao capitão, fazer com que os novos marujos se sintam parte da equipe e possam compartilhar da história e do propósito juntos, caso contrário o onboarding não foi bem feito.

Por que o onboarding é importante no trabalho híbrido?

Há muito tempo se sabe que quanto mais conectado o profissional estiver com o propósito da empresa, mais vontade de permanecer nela e trazer bons resultados ele terá. Então, aqui começamos a entender a importância do onboarding, ele faz com que o novo colaborador entenda e se aproprie do propósito da empresa, fazendo com que ele fique por mais tempo.

No atual cenário em que estamos, com essa nova forma de trabalhar, que é o modelo híbrido, tem sido necessário que o onboarding passe a abranger o campo digital.

Vale a pena comparar o onboarding presencial com o digital, isso ajuda a entender a existência dos desafios que uma integração feita remotamente enfrenta.

Esperar que a integração ocorra naturalmente pode levar tempo e não é garantia de ter os resultados esperados. Por isso é importante que o RH tome a frente do processo e conduza o onboarding da empresa, isso garante que os resultados apareçam mais rápido e traz benefícios para todos.

Os novos funcionários são os que saem ganhando, pois conseguem se sentir à vontade para dar o seu melhor. A equipe consegue trabalhar de maneira mais fluida, mais natural e a empresa tem os seus funcionários dando o máximo de si para atingir os objetivos traçados.

Se você decide não envolver o RH no processo, antigos e novos funcionários precisam encontrar uma forma de trabalhar juntos e conseguir manter os padrões de qualidade da empresa. Sem falar que eles precisam se virar para ter uma boa convivência e um bom clima organizacional.

Se não investir em onboarding pode ser ruim para empresa quando todos estão trabalhando presencialmente,  imagine tudo isso em um contexto digital, onde fica ainda mais difícil de fazer uma conexão entre as pessoas.

Vamos entender os desafios do onboarding digital para o trabalho remoto?

Desafios do onboarding digital no trabalho híbrido

Se o onboarding já enfrenta seus desafios quando feito em empresas que trabalham presencialmente, imagina em situações de trabalho híbrido?

Pensando nisso, listamos alguns dos desafios enfrentados pelo onboarding digital e como superá-los. Confira!

Administração do tempo

Quando uma pessoa chega a uma empresa, ela obtém informações sobre suas missões e objetivos, mas pode ter dificuldade em fazer tudo no início. É natural que um novo ambiente de trabalho, com novos processos, exija adaptação, tornando o tempo de execução de uma tarefa maior.

Ou seja, o início de uma jornada profissional nem sempre é marcado por uma boa administração do tempo, algo que os colaboradores tendem a melhorar depois de alguns meses na nova função. Mas para que isso ocorra é necessário que alguém os acompanhe de perto e passe as instruções necessárias.

Portanto, a integração digital também inclui a coleta de feedback de novos funcionários para descobrir como cada um está lidando com seu trabalho.

A apresentação de estratégias que permitam aos profissionais se adaptarem mais rapidamente ao ritmo de trabalho esperado também é bem-vinda, principalmente porque ficar em casa pode atrapalhar a produtividade durante a fase de adaptação.

Comunicação

No trabalho híbrido, fazer o funcionário se sentir acolhido pode ser um grande desafio. Por isso, é fundamental entender que a comunicação é a chave para o sucesso de uma empresa.

Nos últimos anos, o RH tem assumido um papel cada vez mais estratégico de atuar o mais próximo possível das necessidades dos colaboradores, a fim de promover uma comunicação mais clara e eficaz entre estes e os seus gestores. O que é fundamental para o desempenho da empresa.

Embora este seja um desafio que existe nas relações comerciais face a face, quando falamos de um cenário de interação virtual, a comunicação desempenha um papel ainda maior e pode exigir ainda mais cuidados para ter sucesso.

Portanto, uma integração digital devidamente estruturada é um dos primeiros passos para superar um dos principais obstáculos do trabalho remoto:  a deficiência da comunicação no ambiente digital.

Baixe o ebook Manual do Colaborador

Baixe o ebook Manual do Colaborador

Benefícios de um processo de onboarding para o trabalho híbrido

Mais produtividade

Novos colaboradores são contratados para atender a uma determinada demanda. A empresa tem que produzir ou vender mais e, para isso, precisa de mais mão de obra.

O problema é que os novos contratados, devido à falta de interação com  pessoas e empresas, não conseguem ter o melhor desempenho e produzir o que realmente deveriam.

O onboarding ajuda o funcionário a se familiarizar. Permitindo assim, que ele possa aprender mais sobre a empresa, a cultura, os processos e as pessoas, para que ele possa atuar com excelência, garantindo um aumento na produtividade.

Integrar os funcionários

Se você acredita que só colocar os novos funcionários em uma reunião por vídeo chamada junto com seus colegas de equipe e dar espaço para uma breve apresentação vai ser o suficiente para uma boa integração, está completamente enganado.

Não há dúvida de que ferramentas como aplicativos de vídeo chamada podem fazer parte da integração online de funcionários. Mas o onboarding vai muito além de apenas uma apresentação das pessoas envolvidas.

A verdadeira integração diz respeito a um processo contínuo onde o RH deve atuar facilitando o contato entre os profissionais. Mas também, difundindo um clima organizacional acolhedor.

Esse processo não vai terminar assim que as apresentações tiverem sido feitas, isso mostra a importância de monitorar os novos colaboradores, levando em conta que essa integração pode levar alguns meses.

Motivar os colaboradores

Colaboradores integrados sentem-se mais motivados para fazer parte da empresa, de suas equipes e, portanto, de fazer melhor o seu trabalho.

Quando os novos funcionários têm a oportunidade de experimentar os negócios do dia-a-dia por conta própria, eles podem achar mais fácil encontrar pontos de identificação.

Como resultado, eles podem achar mais fácil alinhar seu trabalho com as expectativas de seu empregador, bem como suas próprias expectativas sobre o trabalho.

Quando o relacionamento ocorre à distância, essa conexão que gera motivação fica mais difícil, por isso um onboarding digital bem estruturado tem o poder de aproximar os envolvidos, tornando os novos colaboradores mais motivados e  produtivos.

Conclusão sobre o processo de Onboarding e o trabalho híbrido

Está mais do que claro a importância de um onboarding bem feito, seja presencialmente ou no modelo híbrido.

Para ter uma equipe integrada e bem alinhada é fundamental seguir as dicas que citamos.

Os custos com novas contratações são altos e ainda ter que enfrentar problemas para integrar os colaboradores. Ou até mesmo, perdê-los rapidamente, não é o que nenhuma empresa quer.

Disponibilizamos gratuitamente o nosso eBook sobre manual do colaborador para que você possa ter uma base sólida para sintetizar as informações que os seus funcionários e colegas de trabalho precisam para se orientarem. Utilizando as melhores práticas, você vai poder compilar um handbook que vai otimizar a comunicação interna da empresa. Baixe gratuitamente através deste link.


Compartilhe esse conteúdo